Os cabos industriais são os responsáveis pelas conectividade na indústria, seja para dados ou eletricidade existe um cabo específico e ideal para cada função.

Os profissionais de manutenção elétrica preventiva ou corretiva na indústria sempre tem dúvidas quanto aos cabos industriais.

Frequentemente ouve-se que os cabos industriais são quase todos iguais, ou que um cabo 4×1.50 pode ser aplicado em quaisquer situações.

Por esta razão é que os cabos industriais  são fabricados seguindo um código de cores, o código serve para identificar as aplicações de cada cabo e diminuir as variações de uso em campo.

 

Cabo industrial errado no lugar errado

Os cabos de motioncontrol, são exemplos práticos de aplicação da norma DESINA de cores laranja para cabos de energia e verdes para cabos de sinais, independentemente do fabricante em nível mundial. Além destas aplicações,  existem outras variáveis como:

  • aplicação fixa;
  • aplicação móvel;
  • resistência a óleo;
  • resistência à temperatura;
  • entre outros.

Não é raro encontrar aplicações equivocadas de cabos de uso fixo em aplicações móveis, como esteiras porta cabos ou pontes rolantes.

Neste caso as normas internacionais de aplicação foram desconsideradas, as consequências são várias paradas de maquinas para manutenção corretiva, uma vez que a vida útil do cabo é comprometida. Cabo industrial errado no lugar errado.

Cabos industriais na Ballast equipamentos industriais

Cabos industriais e a produtividade na indústria

Assim como as tomadas industrias multipolares, os cabos industriais desempenham papel fundamental na produtividade e na lucratividade da empresa.

Cabos mal dimensionados ou inadequados para a finalidade de uso criam um risco muito alto de parada de maquinas e equipamentos. Maquina parada = prejuízo para a indústria.

Uma das maneiras de evitar os problemas com cabos industriais é desenvolver um fornecedor especialista no assunto que pode juntamente com o gestor da planta ou o gestor de manutenção implantar procedimentos para o uso de cabos industriais com foco na produtividade, eficiência produtiva e retorno do investimento.

Procedimento nº1: não usar o”4×1.50″ para tudo.

Entre em contato com a Ballast o quanto antes e solicite uma visita técnica sem compromisso.